Faleceu, hoje, Euzébio dos Santos, o Mestre Nelito ou, Nelito do Pandeiro. Considerado um dos grandes compositores e gritadores de Chula, fundou o grupo, Samba Chula Os Vendavais, pelo qual manteve viva essa tradição por mais de 25 anos. Nelito do Pandeiro era Mestre da Capoeira e de Percussão e atuou em diversos blocos de samba carnavalescos de Salvador.

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) lamentou profundamente o falecimento do Mestre Nelito. Ele nasceu em Santiago do Iguape, porém ainda pequeno mudou-se para Santo Amaro, onde viveu até os 11 anos, depois mirgou para Salvador. Ele também foi um dos diretores da Associação de Sambadores e Sambadeiras do Estado da Bahia (Asseba).

“A morte de um grande representante do samba chula representa uma perda imensurável para a história da cultura popular e de matriz africana. Por sorte, como o grande Griô que ele foi, Mestre Nelito passou adiante o seu conhecimento através da música, da capoeira, das expressões artísticas, dos saberes ancestrais. Portanto, esse legado e a sua contribuição permanecem”, declara o diretor do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), Ronaldo Barros.

Segundo informações da página do Facebook do grupo, o sepultamento está marcado para a tarde desta quarta-feira (16), às 16h, no Cemitério do Campo Santo, sala 8.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here